Dólar sobe 0,5%, com mercado atento ao impasse do Orçamento 2021

Dólar sobe 0,5%, com mercado atento ao impasse do Orçamento 2021
Dólar. Foto: Pixabay

O dólar sobe nesta segunda-feira (19) com o mercado à espera da decisão final do presidente Jair Bolsonaro sobre o Orçamento 2021. A lei orçamentária tem causado impasse entre o Congresso e a equipe econômica.

Por volta das 10h50, o dólar tinha alta de 0,53%, negociado a R$ 5,61. A decisão final acontecerá hoje segundo a previsão dada pelo próprio Bolsonaro. Apesar de afirmar que aconteceria nesta segunda, o mandatário tem até quinta-feira (22) para sancionar ou vetar o projeto que passou pelo Congresso.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O impasse do Orçamento 2021 ameaça o presidente Jair Bolsonaro perder base de apoio no Congresso ou perder seu ministro da Economia, Paulo Guedes. 

O principal entrave é que o texto da maneira como foi aprovado pelos parlamentares não prevê dinheiro suficiente para o pagamento das despesas obrigatórias, ou seja, aqueles pagamentos que não podem ser cancelados, como gastos previdenciários.

Lira alertou o presidente que o governo irá perder a base de apoio caso vete o projeto e não conseguirá mais aprovar nenhuma matéria no Congresso, incluído as reformas administrativa e tributária.

Por sua vez, o ministro Guedes voltou a defender o veto com argumento de que o Bolsonaro pode cometer crime de responsabilidade, podendo no futuro desembocar um processo de impeachment.

Exterior foca em vacinação na Europa

A União Europeia (UE) irá adquiri mais de 100 milhões de doses da vacina contra covid-19 da Pfizer/BioNTech ainda neste ano. Desta forma, o total chegará 600 milhões em 2021. As duas farmacêuticas prometem entregar 250 milhões de doses para a UE no segundo trimestre, um aumento de quatro vezes em relação à quantidade prometida no primeiro trimestre.

Na semana passada, a Organização Mundial da Saúde (OMS) criticou a “inaceitável” lentidão da vacinação contra covid-19 na Europa.

“A lentidão da vacinação prolonga a pandemia. As vacinas são a melhor maneira de superar a pandemia. Não apenas funcionam, como também são muito eficazes para que as infecções sejam limitadas”, disse o diretor da OMS na Europa, Hans Kluge.

Última cotação do dólar

Na última semana, sexta-feira (16), o dólar encerrou o pregão em queda de 0,77%, negociado a R$ 5,585.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião