Desemprego recua para 11,9% no terceiro trimestre de 2018

Desemprego recua para 11,9% no terceiro trimestre de 2018

O Institui Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na manhã desta terça-feira, 30 de outubro, que a taxa de desemprego caiu para 11,9% no terceiro trimestre de 2018.

É a menor taxa de desemprego registrada no ano, sendo que é a sexta queda mensal seguida.

O número também apresenta melhora se comparado com períodos anteriores.

A quantidade de pessoas sem emprego caiu em 3,6% em comparação com o mesmo período de 2017, número que representa 469 mil pessoas.

Enquanto a queda para o segundo trimestre de 2018 foi de 3,7%, ou 474 mil pessoas.

Todavia, o número de desempregados ainda é alto, cerca de 12,5 milhões de brasileiros.

Outro dado de destaque na pesquisa foi o voltado para o número de pessoas que desistiram de procurar emprego. O número de desalentados ficou estável em comparação com o segundo trimestre de 2018, no patamar recorde de 4,8 milhões de pessoas.

Enquanto na comparação com o terceiro trimestre de 2017, o aumento foi de 12,6%.

O IBGE ainda apontou que a queda no número de desempregados aconteceu, principalmente, pelo crescimento de empregos sem carteira e por conta própria.

O número de trabalhadores sem carteira assinada agora é de 11,5 milhões de pessoas, um crescimento de 4,7% em relação ao trimestre anterior, e de 5,5% ao terceiro trimestre de 2017.

Enquanto a categoria de pessoas que trabalham por conta própria foi para 23,5 milhões, alta de 1,9% ao segundo trimestre de 2018, e 2,6% com o mesmo período no ano anterior.

A pesquisa ainda apontou que 27,3 milhões de brasileiros estão subutilizados.

A tendência é que a confirmação do novo presidente do Brasil para os próximos quatro anos afete a taxa de desemprego para o último trimestre de 2018.

Mateus Vasconcellos

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se