Semana do Fiagro

Bolsa vai abrir? Veja o que abre e fecha nesta quinta (16), feriado de Corpus Christi

Bolsa vai abrir? Veja o que abre e fecha nesta quinta (16), feriado de Corpus Christi
Foto: Pixabay

Corpus Christi, nesta quinta-feira (16), não é um feriado em todas as cidades do país. Apesar de empresas normalmente darem folga aos funcionários nesse dia, a data na verdade é um ponto facultativo, como o Carnaval.

Para complicar a situação, algumas cidades — como São Paulo — anteciparam o feriado há mais de um ano, para evitar aglomerações durante a pandemia.

Em São Paulo, o então prefeito Bruno Covas decidiu adiantar o dia referente ao Corpus Christi de 2022, assim como o Dia da Consciência Negra (20 de novembro), para o ano passado. Mesmo assim nem tudo funciona neste feriado na cidade.

Determinadas cidades seguiram com a mesma medida ou com variações, mas a maioria, não. No Rio de Janeiro, por exemplo, a data não foi adiantada. É recomendado conferir a determinação em cada município.

Este ano, o governo federal decidiu que tanto nesta quinta quanto na sexta-feira (17) serão pontos facultativos nas repartições federais. As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estarão fechadas nos dois dias.

O que abre e o que fecha durante o Corpus Christi?

De acordo com a Federação Brasileiros dos Bancos (Febraban), os bancos vão fechar na quinta e voltarão a abrir na sexta-feira. Ou seja, contas de consumo como energia e água, assim como faturas e ou vencimentos, poderão ser pagas na sexta-feira sem acréscimo de multa.

A B3 (B3SA3), a bolsa de valores brasileira, também fecha durante o feriado e retorna às atividades normalmente na sexta.

Já em relação aos shopping e comércio de rua, a abertura será opcional a cada empresa durante o Corpus Christi.

Agências do Correio fecharão apenas no dia do feriado. O deslocamentos das correspondências continua sem interrupções.

Por fim, em São Paulo, a SPTrans declarou que os ônibus circularão durante o Corpus Christi com horário reduzido baseado na tabela de horários para sábados e feriados.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO