Cielo (CIEL3) abre seleção para contratar gerentes comerciais para as redes do Banco do Brasil (BBAS3) e Bradesco (BBDC4)

A Cielo (CIEL3) está iniciando uma nova fase de contratações de gerentes comerciais para atuarem nas redes do Banco do Brasil (BBAS3) e Bradesco (BBDC4), bancos que são controladores e também parceiros comerciais da empresa. Serão 329 vagas, distribuídas entre as redes das duas instituições, para atuação em 24 Estados brasileiros e no Distrito Federal.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

A empresa afirma que, do total, 28 terão cargos de liderança. Os candidatos à seleção da Cielo precisam ter ensino superior completo e experiência em áreas comerciais, de preferência no mercado financeiro. Além disso, a Cielo afirma que os candidatos precisam ter carteira de motorista, carro próprio e disponibilidade para viajar.

Os contratados da Cielo se somarão a outras cerca de 400 pessoas que a empresa contratou até setembro do ano passado para atuar nas redes dos dois bancos.

Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o aumento das equipes de vendas da credenciadora junto a Bradesco e BB é parte de um esforço da empresa para ganhar fôlego no mercado de pequenas e médias empresas, visto como mais rentável que o de grandes contas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Tradicionalmente a maior empresa de maquininhas de cartão do País, a Cielo perdeu o posto no ano passado para a Rede, controlada pelo Itaú Unibanco (ITUB4). A companhia passou a líder de mercado após ser integrada aos canais do Itaú, de olho justamente em PMEs.

Em nota, o vice-presidente Comercial Varejo da Cielo, Paulo Naliato, afirma que a companhia conseguirá prestar um atendimento mais próximo e eficiente aos clientes com o reforço no time. “Varejistas que são clientes do Banco do Brasil e do Bradesco precisam do serviço de adquirência e de soluções que facilitem seus negócios”, diz ele.

A vice de Gente, Gestão e Performance da Cielo, Patrícia Coimbra, afirma que a empresa figura entre as melhores para se trabalhar no País em ranking que medem a satisfação dos funcionários. “Além de ser uma referência em meios de pagamento, a companhia é uma referência como lugar de trabalho.”

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião