Com Fadinha e Kevin Hoefler nas Olimpíadas, Centauro (SBFG3) vê busca por skate saltar 400%

Com Fadinha e Kevin Hoefler nas Olimpíadas, Centauro (SBFG3) vê busca por skate saltar 400%
Skate. Foto: Pixabay

Com duas medalhas de prata nas Olimpíadas de Tóquio e com o andamento das competições de skate park nos jogos, a Centauro (SBFG3) viu um crescimento superior a 400% nos produtos para prática de skate desde o começo das competições.

A Centauro observou que muitas crianças, inspiradas pelos medalhistas Rayssa Leal, mais conhecida como Fadinha, e Kelvin Hoefler irão começar a andar de skate. Hoje os preços de skate, mais conhecido como skateboarding, variam de R$ 129,99 a R$ 749,90.

Junto com skate, produtos de surf são desejados

Além do maior desejo de comprar skate, os brasileiros também demonstraram maior interesse por produtos de surf, inspirados pelo campeão olímpico Ítalo Ferreira e o nome de peso brasileiro Gabriel Medina, que não subiu ao pódio. As buscas no site por esses produtos mais que dobraram.

Entram nesta lista itens como pranchas, nadadeiras de bodyboard e longs.

A empresa de artigos esportivos chama a atenção para as diferenças que os megaeventos esportivos geram para a companhia.

Segundo a companhia, a efeito das Olímpiadas não é imediato. “Durante o evento surgem novos ídolos e, consequentemente, cresce a procura e o número de praticantes de determinadas modalidades. É diferente da Copa do Mundo, por exemplo, em que as pessoas compram um produto específico (a camisa da Seleção Brasileira de Futebol) para acompanhar o evento”, afirma.

“O efeito Olimpíada é menos agudo, porém mais duradouro”, disse em nota o gerente executivo de marketing da Centauro, Gustavo Milo Marasco.

Além da Centauro, Mercado Livre tem recorde de vendas de patins e skate

Já o Mercado Livre (MELI34) anotou um salto de vendas de patins e skate com as medalhas de prata conquistadas pelos skatistas brasileiros nas Olimpíadas de Tóquio.

No mês passado, o Mercado Livre registrou recorde de vendas de patins e skates, no maior número de 2021. Em comparação com as aquisições registradas nas últimas quatro segundas-feiras anteriores, a companhia contabilizou um aumento de 50% nas vendas da categoria.

Para o gerente de marketing da Centauro, Letícia Bufoni e Pamela Rosa foram referências para Rayssa Leal, e por esse motivo, hoje são os medalhistas que serão espelhos para essa nova geração se aventurar no esporte. “Agora é a vez da Fadinha, Rebeca Andrade, Ítalo Ferreira, Fernando Scheffer, Daniel Cargnin e Mayra Aguiar, entre outros que vamos ver nos próximos dias, tornarem-se referência para os brasileiros, especialmente jovens e crianças. Os ídolos têm esse papel.”

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO