Cemig (CMIG4) anuncia pagamento de quase R$ 418 milhões em JCP; veja quem recebe

A diretoria executiva da Cemig (CMIG4) anunciou um pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), no valor bruto de R$ 417,974 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Os JCP da Cemig terão o valor de R$ 0,18994 por ação. O montante vai ser compensado com o dividendo mínimo obrigatório do exercício de 2023 e está sujeito à retenção de 15% de imposto de renda na fonte, com exceção dos acionistas que estiverem dispensados ou isentos dessa tributação.

O pagamento dos proventos da Cemig será realizado em duas parcelas de igual valor. Uma das parcelas será paga em 30 de junho de 2024, enquanto a outra distribuição vai ser feita em 30 de dezembro de 2024.

Somente vão receber os juros sobre capital próprio da Cemig os investidores que detiveram ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) da companhia ao final do pregão de 25 de setembro de 2023.

Sendo assim, as ações passarão a ser negociadas como “ex-proventos” em 26 de setembro, ou seja, sem direito ao recebimento dos JCP.

JCP da Cemig

  • Valor total: R$ 417.974.000,00
  • Valor por ação: R$ 0,18994289564
  • Data de corte: 25 de setembro de 2023
  • Data do pagamento: 30 de junho de 2024 e 30 de dezembro de 2024

No caso dos acionistas cujas ações da Cemig não estão custodiadas na CBLC ou que tenham seus dados cadastrais desatualizados, a recomendação da empresa é que eles compareçam a qualquer agência do Itaú (ITUB4), que é a instituição administradora do sistema de ações nominativas registradas da companhia.

Para ficar em dia e poder receber os proventos da Cemig, esses investidores precisam ir até o banco com seus documentos pessoais para que as atualizações sejam feitas.

Subsidiárias vendem ativos por R$ 100,5 milhões

Em 13 de setembro, a Cemig informou que suas subsidiárias Cemig GT e Horizontes Energia celebraram um novo contrato para vender 15 PCHs / CGHs de geração hídrica, sendo 12 usinas da Cemig GT e 3 da Horizontes.

A venda foi realizada para a empresa Mang Participações e Agropecuária, que venceu o leilão público 500-Y17124. O valor total da transação foi de R$ 100,5 milhões.

Apesar disso, o fechamento da venda ainda está sujeito ao cumprimento de determinadas condições, como as anuências da ANEEL e do CADE.

“A presente alienação visa atender às diretrizes do Planejamento Estratégico da Cemig, que preconiza uma otimização do portfólio e uma melhor alocação de capital”, destacou a empresa em seu comunicado da época.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião