Casino: vendas somam 4,5 bilhões de euros no 3T23, queda anual de 5,5%

O grupo varejista francês Casino Guichard-Perrachon, controlador do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) no Brasil, divulgou nesta terça-feira (31), que suas vendas líquidas somaram 4,56 bilhões de euros no terceiro trimestre de 2023, mostrando queda de 5,5% em relação a igual período do ano passado.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

No conceito de mesmas lojas, as vendas trimestrais do Casino recuaram 5,3% na mesma comparação, com avanço de 6,4% na América Latina e declínio de 8,2% na França.

No fim de setembro, a dívida líquida do Casino totalizava 6,2 bilhões de euros, alta de cerca de 100 milhões de euros em relação ao fim de junho. Dívidas relativas às operações francesas da companhia somavam 5,6 bilhões de euros e o endividamento líquido dos ativos brasileiros, 600 milhões de euros.

Casino anuncia venda do Éxito para varejista de El Salvador; Pão de Açúcar (PCAR3) receberá mais de US$ 150 milhões

O Casino Guichard-Perrachon anunciou neste mês a venda do Grupo Éxito, da Colômbia, para o Grupo Calleja, de El Salvador. A participação de 34% do grupo francês varejista na rede de supermercados colombiana será transferida por US$ 400 milhões.

A transação inclui a venda da fatia de 13,3% que o Pão de Açúcar (PCAR3), controlado pelo Casino, detém no Éxito, por US$ 156 milhões.

Segundo o pré-acordo aprovado pelo Casino, o pagamento será feito à vista. O Grupo Calleja é líder no setor de supermercados em El Salvador, com a marca Super Selectos, e também investe nos setores imobiliário, de tecnologia e de energia.

venda do Éxito faz parte da reestruturação financeira do Casino, que anunciou um acordo com credores no início do mês.

Os investidores do Éxito receberão US$ 0,9053 por ação no acordo, que avalia a cadeia de supermercados colombiana em US$ 1,2 bilhão. Espera-se que a transação seja concluída próximo ao final de 2023.

O acordo é resultado de meses de negociações e ocorre duas semanas depois que o grupo varejista francês assinou um acordo com credores para reestruturar o balanço patrimonial.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Casino assina acordo final de reestruturação financeira com credores

No início de outubro, o Casino Guichard-Perrachon afirmou que fechou um acordo final com credores garantidos relacionados à sua reestruturação financeira.

O acordo envolve credores e um consórcio formado pela EP Equity Investment, entidade controlada pelo empresário tcheco Daniel Kretinsky, pela Fimalac e pela Attestor, segundo comunicado do Casino.

“O Casino atingiu um marco importante no seu processo de reestruturação financeira ao obter o acordo de seus principais credores para um plano de reestruturação financeira que cria um quadro favorável à sustentabilidade das atividades do Grupo, à continuidade dos empregos e das sedes, e ao desenvolvimento contínuo de todas as suas marcas”, disse o CEO da empresa, Jean-Charles Naouri, no comunicado.

O acordo, que vem após pactos preliminares anunciados em julho e setembro deste ano, reduz a dívida do Casino em 6,1 bilhões de euros.

A varejista receberá 1,2 bilhão de euros em capital adicional e converterá 3,52 bilhões de euros em dívida não garantida e mais 1,355 bilhão de euros em dívida garantida em capital.

A reestruturação financeira ainda está sujeita a autorizações regulatórias e o Consórcio SPV, administrado pela EP Equity Investment, assumirá o controle do Casino quando o processo for concluído, diz o comunicado.

Ainda sobre a companhia, o Casino informou nesta quinta que Philippe Palazzi será indicado como seu novo CEO e presidente por um consórcio de credores que deverá assumir o controle da empresa como parte de uma reestruturação financeira.

Com informações de Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião