Semana do Fiagro

Cantora gospel é suspeita de esquema de pirâmide; golpe teria cerca de 300 vítimas

Cantora gospel é suspeita de esquema de pirâmide; golpe teria cerca de 300 vítimas
Cantora gospel e marido investigados por pirâmide. Foto: Reprodução/Instagram

A cantora gospel Isabela Cristi Gomes Barros, 28 anos, mais conhecida como Isabela Cristy nas redes sociais, está sendo investigada pela polícia por suspeita de aplicar golpes em esquema de pirâmide financeira na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com as vítimas, a cantora e seu marido, David Robson de Barros, de 33, são donos de uma plataforma de investimentos em estilo pirâmide.

Os dois alegam que, além da carreira no entretenimento, eram “traders”, ou seja, profissionais que realizam transações diárias de compra e venda no mercado financeiro, especialmente na Bolsa de Valores.

O casal prometia às vítimas ganhos muito altos em poucos meses — que, claro, não existiam. Em entrevista ao jornal G1 de Belo Horizonte, um homem afirmou que investiu cerca de R$ 150 mil no esquema.

A Polícia Civil afirmou, em nota, que um inquérito foi aberto na delegacia de Lagoa Santa contra Isabela Cristi pela prática de estelionato. Investigadores ainda não informaram por que David Robson ainda não está sendo investigado. A instrução das autoridades é de que qualquer pessoa que se tenha se sentido lesada deve registrar ocorrência e fazer uma representação.

Cantora gospel e marido investigados por pirâmide. Foto: Montagem/Reprodução/Instagram
Cantora gospel e marido investigados por pirâmide. Foto: Montagem/Reprodução/Instagram

O esquema de pirâmide direciona a vítima a procurar outras pessoas. Uma delas guardou comprovantes e depósitos realizados para participar do negócio, somando R$ 23 mil em aplicações.

A vítima relata que recebeu alguns retornos, de até R$ 2,5 mil, e por isso acreditou na suposta credibilidade dos acusados. A vítima afirma, ainda, que chamou diversas pessoas para participar do negócio e chegou a convencer 80 delas.

No caso do esquema de pirâmide, o cliente que entra investe um valor com a promessa de receber um “bônus” sobre os recursos aplicados por pessoas que ele indicar. A prática é proibida no país.

Já foram contabilizadas ao menos 300 vítimas do golpe, que alegam não ter recebido o dinheiro prometido pela dupla. Alguns já fizeram queixas na polícia e, em um dos boletins de ocorrência, um homem diz ter investido R$ 12 mil e não recebeu dinheiro de juros.

Promessas de lucro de até 400% pela cantora gospel

As redes sociais mostram que Isabela Cristy e seu marido vivem uma vida de luxo. Possuem mais de 120 mil seguidores.

A promessa do casal era de um lucro de 100% após 40 dias do dinheiro investido na empresa. De acordo com as vítimas, algumas pessoas ouviram números até maiores, com promessas de até 400% de lucro.

Os investidores apontam que os pagamentos feitos pelo casal eram realizados em dia, até maio do ano passado. Depois disso, quem tinha alguma quantia a receber ficou no prejuízo.

Em uma das mensagens, a cantora gospel Isabela Cristy disse que foi roubada por ex-funcionários. Ela também disse estar sofrendo ameaças e chantagens. Disse ainda que o casal é “vítima de uma campanha de difamação”.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO