C&A (CEAB3) anuncia retomada parcial das lojas a partir de domingo

C&A (CEAB3) anuncia retomada parcial das lojas a partir de domingo
C&A (CEAB3) anota prejuízo de R$ 28,2 milhões no 3T20

A C&A (CEAB3) informou ao mercado na última sexta-feira (24) que irá iniciar a aberturar gradual de lojas a partir de domingo (26).

“A reabertura de lojas seguirá protocolos de segurança desenvolvidos seguindo orientações de especialistas em saúde, orientações governamentais e nossa visão mais conservadora a proteção do público que as frequenta: nosso associados, clientes, fornecedores e comunidade em geral”, informou a C&A por meio do fato relevante.

Suno One: O primeiro passo para alcançar a sua independência financeira

A varejista não comunicou quais lojas serão reabertas e os locais onde se encontram. No dia 22 de março, a C&A anunciou o fechamento de todas as lojas físicas em razão do avanço da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Coronavírus impactou pouco a C&A, disse CEO

O presidente da C&A, Paulo Correa, declarou em meados de fevereiro que até o momento os impactos do coronavírus na operação da empresa no Brasil foram baixos.

De acordo com o executivo, a decisão da C&A de transferir parte da produção da China para o Brasil nos últimos anos está ajudando a reduzir os possíveis efeitos negativos do coronavírus para a companhia.

Veja Também: Coronavírus: C&A (CEAB3) suspende atividades de todas as lojas no Brasil

Correa ressaltou que as varejistas de moda poderão ser prejudicadas por atrasos no embarque das mercadorias. No entanto, segundo ele, a varejista não foi afetada de forma significativa. “Em alguns embarques teve algum tipo de revisão, mas nada que mude o nosso plano de trabalho”, disse o executivo.

Segundo o CEO, atualmente a maior preocupação está relacionada com a falta de informações e com as meditas adotadas pelo governo chinês para conter a epidemia. “A economia da China pode ser impactada se a epidemia se prolongar no país”, afirmou o presidente da C&A.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião