Proventos bilionários

BTRA11 paga dividendos em meio a caso de fazenda no MT em recuperação judicial

BTRA11 paga dividendos em meio a caso de fazenda no MT em recuperação judicial
Fundo Imobiliário BTRA11 - Fonte: Pixabay

O fundo imobiliário BTG Pactual Terras Agrícolas (BTRA11) paga rendimentos aos seus cotistas nesta quinta-feira (30). Um dos ativos do fundo, a Fazenda Vianmancel (MT), tem arrendatários que declararam recuperação judicial. O FII acabou reduzindo sua distribuição aos cotistas.

Quem possuía as cotas do BTRA11 até o dia 23 de junho recebeu rendimentos de R$ 0,70 por cota, o equivalente a 0,85% de dividend yield. No entanto, os investidores do fundo estavam recebendo desde abril deste ano, o valor de R$ 0,94 por cota.

Por isso, os rendimentos deste mês foram os menores desde outubro do ano passado, quando o BTRA11 distribuiu R$ 0,54 por cota.

Entenda o problema do BTRA11 com arrendatário

O fundo gerido pelo BTG Pactual informou na quarta-feira da semana passada (22) que os locatários da fazenda do portfólio do fundo anunciaram o pedido de recuperação judicial

Desde então, as cotas do fundo imobiliário focado em terra começaram a cair. No dia seguinte ao anúncio, a gestora anunciou a redução nos rendimentos, que caíram na conta do cotista hoje.

Porém, a gestora do BTRA11 informou em fato relevante que a redução da sua distribuição de dividendos seria temporária, devido às dificuldades apresentadas pelo locatário e antigo proprietário do terreno.

Porém, a administração do fundo não cravou qualquer estimativa de resolução da pendência com seu locatário. “É difícil precisar em quanto tempo essa situação temporária será resolvida, mas enxergamos que a gestão deve trabalhar mais na frente de uma solução comercial do que em um embate jurídico”, afirmou o fundo.

Possível solução para o fundo: venda do ativo

Diante disso, o fundo pretende vender o imóvel para, tão logo, retomar seu patamar de distribuição. Como o terreno representa 24% das receitas do FII, a preocupação em torno da resolução do problema é grande.

Na ocasião de compra do terreno em questão, o fundo adquiriu o ativo com grande desconto, além de um cap rate de 11%. O valor do aluguel referente ao imóvel é de R$ 8.910.000,00 por ano, com prazo total de 120 meses.

O fundo imobiliário BTRA11 tem como objetivo de gerar renda e valorização de suas cotas por meio de investimentos em terras agrícolas produtivas e em fase de transformação. Segundo seu regulamento, o fundo utiliza contratos atípicos de aluguel de longo prazo corrigidos pela inflação, com sólida estrutura de garantias.

Gustavo Bianch

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO