Brex, startup de bilionários brasileiros, anuncia novidades e é ‘turbinada’ com IA

A Brex, fintech fundada pelos bilionários brasileiros na faixa dos 25 anos, anunciou lançamentos nesta semana – incluindo contabilidade alimentada por IA com fechamento contínuo, funcionalidade no qual a companhia é pioneira.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/1420x240-Banner-Home-1.png

A startup Brex divulgou ainda dois produtos completamente redesenhados e uma nova interface mais ágil.

“Estabelecemos como principal prioridade neste ano fornecer não apenas a plataforma de gastos mais poderosa do planeta, mas também a experiência de usuário mais simples, atenciosa e agradável para fundadores e equipes financeiras”, diz a companhia, em seu comunicado sobre as novas mudanças.

A companhia declarou que teve “de mudar completamente a forma como administramos a empresa” para que esse lançamento acontecesse.

Um dos principais destaques foi um novo Centro de Controle de Cartões que facilita o gerenciamento de cartões e limites em escala (quer você tenha 5 ou 50.000 cartões), bem como solicitações de gastos que substituem fluxos de trabalho de PO desorganizados.

Além disso, a companhia dos jovens bilionários brasileiros terá pagamento de taxas e tributos com itemização de linha baseada em IA, suporte multientidade e a capacidade de pagar contas com cartão, ganhando recompensas e cashback.

Outras novidades da Brex incluem:

  • Tabelas redesenhadas, com capacidade de resposta consistente e mais ágil
  • Integração com Slack com tecnologia de IA
  • Co-branding de contas
  • Trilhas de auditoria
  • Modo sandbox
  • Limites de crédito estáveis
  • Novo hub de segurança

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Valuation da Brex é de mais de US$ 12 bilhões

A companhia foi fundada na Califórnia, mas tem parte de seu DNA brasileiro. Ambos os fundadores – Pedro Franceschi e Henrique Dubugras – nasceram no Brasil, e 10% da força de trabalho da empresa, ou 100 funcionários, são residentes no país.

A startup é avaliada em US$ 12,3 bilhões, dado que em meados de 2022 recebeu um aporte de mais de US$ 300 milhões em uma extensão da Série D, coliderada por Greenoaks Capital e TCV.

Sua fundação data de meados de 2017, e a Brex se tornou um unicórnio – termo utilizado para se referir a startups com valuation acima de US$ 1 bilhão) em menos de 2 anos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno