Mais um banco fora do ar? Depois do Nubank, agora o Bradesco (BBDC4) e Next

Mais um banco fora do ar? Depois do Nubank, agora o Bradesco (BBDC4) e Next
Bradesco (BBDC4). Foto: Divulgação.

Após o Nubank ter ficado fora do ar na semana passada, agora foi a vez do aplicativo do Bradesco (BBDC4) e do Next apresentarem instabilidade. As plataformas ficaram fora do ar na segunda-feira (7) e alguns usuários ainda relatam instabilidade nesta terça (8).

O Bradesco e o Next identificaram ontem o problema e informaram que as equipes estavam trabalhando para normalização o mais breve possível e que os demais canais de atendimento operam normais. O volume de reclamações dos usuários levou o nome do banco aos assuntos mais comentados do Twitter. Segundo os relatos, as inconsistências tiveram início durante a tarde de ontem e até o momento não foram solucionadas.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

“O app do Bradesco apresentou momentos de intermitência e o internet banking momentos de indisponibilidade pontuais. Equipes estão trabalhando para normalização o mais breve possível. Os demais canais de atendimento operam normalmente”, disse o banco em nota enviado ao jornal Folha de S.Paulo.

Por sua vez, o Next informou que “está enfrentando uma intermitência no aplicativo. As equipes de tecnologia estão focadas em solucionar esta instabilidade o mais breve possível”, afirmou em nota.


Hoje é o Bradesco mas na segunda-feira passada (31) foi o Nubank quem apresentou falha e ficou inacessível para vários usuários ao redor do mundo. Os usuários que tentavam acessar o aplicativo se deparavam com uma mensagem de “ocorreu um erro”.

Assim como o Next e o Bradesco, o volume de reclamações levou o nome da fintech a ser um dos mais comentados no Twitter no dia do acontecimento.

Cotação do Bradesco

Enquanto isso, os papéis do Bradesco apresentam na abertura do mercado estabilidade com leve alta de 0,01%, negociados a R$ 28,44.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião