Bolsas asiáticas fecham mistas e Europa opera em alta de olho em balanços

As bolsas asiáticas encerraram os negócios desta terça-feira (23) sem direção única, com parte delas apoiadas pela recuperação de Wall Street ontem.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Esse cenário pode influenciar nas negociações do Ibovespa hoje. Na véspera, o índice fechou em alta de 0,36%, aos 125.573,16 pontos.

Liderando ganhos na região asiática, o índice Hang Seng avançou 1,92% em Hong Kong, a 16.828,93 pontos, ajudado por ações ligadas a consumo. O japonês Nikkei subiu 0,30% em Tóquio, a 37.552,16 pontos, impulsionado por ações do setor financeiro e após o iene renovar mínima em quase 34 anos em relação ao dólar. O Taiex, por sua vez, registrou ganho de 0,97% em Taiwan, a 19.599,28 pontos.

Ontem, as bolsas de Nova York fecharam em alta generalizada, com o S&P 500 e o Nasdaq interrompendo uma sequência de seis pregões negativos, em meio a um alívio nas tensões geopolíticas envolvendo Irã e Israel.

Na China continental, por outro lado, os mercados mantiveram hoje o recente viés negativo, pressionados por ações relacionadas a metais e petróleo. O Xangai Composto recuou 0,74%, a 3.021,98 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 0,19%, a 1.675,05 pontos.

Já em Seul, o sul-coreano Kospi cedeu 0,24%, a 2.623,02 pontos, com perdas em ações de internet, jogos online e baterias.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul, graças ao bom desempenho do setor de tecnologia. O S&P/ASX 200 avançou 0,45% em Sydney, a 7.683,50 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Europa sobe de olho em balanços

As bolsas europeias operam em alta na manhã desta terça-feira, ampliando ganhos de ontem, enquanto investidores digerem balanços corporativos e dados preliminares de atividade econômica (PMIs) da região. Neste contexto, o índice acionário de Londres renovou máxima intraday.

Confira o desempenho dos índices por volta das 07h40:

  • Londres (FTSE100): +0,53% a 8.066 pontos
  • Frankfurt (DAX): +1,14% a 18.053 pontos
  • Paris (CAC 40): +0,54% a 8.083 pontos
  • Madrid (Ibex 35): +1,39% a 11.041 pontos
  • Europa (Stoxx 50): +0,95% a 4.893 pontos

Da temporada de balanços, destaque positivo para a Novartis, que não apenas superou expectativas de lucro e receita no primeiro trimestre, como elevou suas projeções de desempenho para 2024. A ação do grupo farmacêutico suíço saltava 5% em Zurique.

Já a Renault garantiu receita geral um pouco acima das expectativas nos primeiros três meses do ano, mas sua ação caía 1,3% em Paris, após abrir os negócios em alta de quase 2%. Na divisão automotiva, a montadora francesa apresentou queda na receita.

Quanto ao noticiário macroeconômico, o PMI composto da zona do euro subiu para 51,4 em abril, atingindo o maior patamar em 11 meses, graças ao setor de serviços, visto que o industrial segue fraco. Na Alemanha e no Reino Unido, os serviços também sustentaram a atividade, ao passo que a manufatura se mostrou frágil.

A agenda de hoje também traz PMIs dos EUA e balanços de grandes empresas americanas, incluindo da Tesla, que no fim de semana anunciou novo corte de preços de seus veículos elétricos em meio à crescente concorrência de rivais chineses.

*Com informações da Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião