Bolsa de Nova York estuda operar 24 horas por dia

A Bolsa de Valores de Nova York, a NYSE, quer saber dos investidores do mercado de ações se eles concordam com a ideia de permitir negociações 24 horas por dia. Esse movimento ocorre em um período em que os reguladores estão revisando cuidadosamente um pedido para estabelecer a primeira bolsa com transações 24 horas por dia, sete dias por semana. As informações são do Financial Times.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Essa questão tornou-se urgente nos últimos anos, em parte devido à operação ininterrupta das negociações de criptomoedas e ao aumento da atividade dos investidores de varejo, inicialmente impulsionado pelos lockdowns da pandemia de coronavírus.

As bolsas de valores tornaram-se um tanto atrasadas em um mundo em que outros grandes mercados, incluindo os de títulos do Tesouro dos Estados Unidos, das principais moedas e de futuros de índices de ações, podem ser negociados 24 horas por dia, de segunda a sexta-feira.

Atualmente, várias corretoras de varejo, como Robinhood e Interactive Brokers, oferecem acesso 24 horas por dia, durante a semana, às ações dos EUA. Isso é feito com negociações combinadas com suas participações internas ou conduzidas por meio de um local de negociação conhecido como dark pool, como o Blue Ocean, onde as ações são frequentemente negociadas por investidores de varejo asiáticos durante o dia.

A consulta da Nyse destaca também um crescente interesse em negociar ações de empresas como Nvidia (NVDC34) ou Apple (AAPL34) durante a noite, entre 20h e 4h, no horário do leste dos EUA.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Bolsa de Nova York: negociação noturna ajudaria a definir tom inicial em horário comercial

O funcionamento da Bolsa de Nova York na madrugada seria uma mudança radical na forma como a negociação tardia é percebida devido à sua forte supervisão regulatória em comparação com os dark pools. As bolsas são supervisionadas diretamente pela Securities and Exchange Commission (SEC), a comissão de valores mobiliários americana, e são analisadas a estabilidade e segurança – e existe ainda a necessidade de aprovação para proceder com qualquer alteração de regras.

As negociações nas bolsas de NY também fazem parte dos registros oficiais dos preços de negociação, o que significa que a atividade noturna teria maior probabilidade de definir o tom inicial para as negociações em horário normal.

A consulta da Nyse questionou os entrevistados sobre se as negociações 24 horas por dia deveriam ocorrer nos finais de semana ou apenas durante cinco dias, como os investidores deveriam ser protegidos contra oscilações de preços e como os profissionais seriam escalados para as sessões noturnas na Bolsa de Nova York.

A Nyse também perguntou se as pessoas concordavam que “o tempo gasto pensando em negociações noturnas seria mais bem empregado em negociações regulares no horário de mercado”.

Essa pesquisa ocorre no momento em que a startup 24 Exchange (24X), apoiada pelo fundo Point72 Ventures de Steve Cohen, busca a aprovação da SEC para lançar a primeira bolsa 24 horas por dia. O pedido é a segunda tentativa da 24X, que retirou uma proposta no ano passado por questões operacionais e técnicas.

Até sexta-feira, não houve questionamentos em relação à última proposta da 24X. A SEC tem vários meses para examinar os planos da Bolsa de Nova York, segundo o site britânico Financial Times.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Murilo Melo

Compartilhe sua opinião