AGENDA

BofA reavalia Vale (VALE3), CSN (CSNA3) e mineradoras após suspensão de operações

BofA reavalia Vale (VALE3), CSN (CSNA3) e mineradoras após suspensão de operações
BofA reavalia recomendação de mineradoras. Foto: Reprodução

Com as recentes interrupções nas operações em Minas Gerais de mineradoras como a Vale (VALE3), Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3) e Usiminas (USIM5) devido às chuvas intensas no estado, os analistas do Bank of America reavaliaram suas recomendações no setor de metais e mineração.

A tese dos analistas do banco é de que as suspensões decorrentes das chuvas podem aumentar os preços e, neste cenário, é preferível optar pelo aço à mineração.

A produção de minério de ferro é sazonalmente mais fraca globalmente no primeiro semestre, prejudicada pela estação chuvosa no Brasil e pela temporada de ciclones na Austrália, lembra o BofA. As condições do fenômeno meteorológico La Niña este ano podem aumentar essas interrupções, afetando não apenas a produção de minério de ferro, mas também a de carvão e de metais básicos.

Apesar de afirmar ter uma postura mais cautelosa em 2022 para o minério de ferro — principal produto da Vale –, o BofA diz que interrupções de fornecimento acima do normal para a temporada podem impactar os preços. “Em suma, preferimos aço à mineração, pois acreditamos que a demanda por aço ex-China deve permanecer sólida, suportando preços globais elevados”, observam os analistas do BofA.

Com essa tese, o banco indica a compra de ações da Usiminas e CSN, enquanto mantém recomendação neutra para Gerdau (GGBR4), principalmente devido à preferência relativa por aços planos sobre longos.

O banco atribui recomendação neutra para a Vale, refletindo a visão mais “prudente do minério de ferro e possíveis rebaixamentos de lucros (avaliação barata mais rebaixamentos de lucros podem gerar armadilha de valor)”. Já a CSN Mineração (CMIN3) pode ser beneficiada por dividendos atraentes e um programa robusto de recompra de ações, conquistando a recomendação de compra do BofA.

Para metais básicos, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBAV3) recebeu recomendação de compra, “principalmente devido à nossa visão otimista do alumínio”, diz o banco.

Vale, CSN e mineradoras suspendem atividades

Ontem, a Vale, CSN, CSN Mineração, Vallourec e a controlada de mineração da Usiminas anunciaram que interromperam a produção por conta das chuvas fortes.

Em comunicado ao mercado divulgado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a CSN Mineração informou que a expectativa é de retomar as atividades “nos próximos dias”.

Sobre as fortes chuvas, a CSN disse que tomará “todas as medidas necessárias para a manutenção de sua operação, respeitando os cuidados necessários para garantir a segurança dos empregados e das comunidades” e reforça “a retomada gradual das atividades assim que as condições climáticas permitirem”.

Usiminas paralisou temporariamente as operações de sua controlada Mineração Usiminas (Musa), na região de Itatiaiuçu. Segundo a empresa, as chuvas estão em níveis “expressivamente superiores à média histórica” e diz que não há prazo definido para retomada.

Já a Vale disse em fato relevante que considera o impacto sazonal do período chuvoso em todas as operações em seu plano de produção e, portanto, a mineradora reitera seu guidance de produção de 320 a 335 mil toneladas de minério de ferro para 2022.

Bruno Galvão

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!