BB Seguridade (BBSE3): Ativa recomenda compra e vê valorização de 50%

Em revisão sobre a BB Seguridade (BBSE3), a Ativa Investimentos recomenda compra dos papéis vendo uma valorização de 49,6%, com preço-alvo de R$ 28,70.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

A corretora vê com bons olhos o modelo de bancassurance do BB Seguridade, citando uma “enorme vantagem competitiva em seus canais de distribuição“.

“A empresa deve seguir lucrativo mesmo com o crescimento dos canais digitais de distribuição. Além disso, BB Seguridade possui um top line diversificado e menor dependência do resultado financeiro lucro, o que lhe confere mais resiliência em um cenário de juros estruturalmente baixos. Somado à isso, vemos um valuation atrativo e um dividend yield alto”, analisa a corretora.

No relatório sobre a companhia, a Ativa frisa que a holding é vinculada ao Banco do Brasil (BBAS3), dono da maior carteira de crédito do país.

Dado esse panorama, a companhia depende menos do seu resultado financeiro do que os seus pares – o que deve impulsionar as ações da BB Seguridade em cenário de juros baixos e alta volatilidade.

Como riscos, a corretora cita:

  • O agravamento da pandemia pode resultar na maior cobrança de sinistros
  • A redução dos juros ou a alta volatilidade dos mercados pressionam o resultado financeiro das seguradoras
  • As empresas de seguro estão expostas à riscos regulatórios que podem prejudicam a retenção dos sinistros
  • Um possível fim do contrato de distribuição com o Banco do Brasil seria extremamente prejudicial para a BB Seguridade

XP viu resultados fracos do BB Seguridade, mas mantém recomendação de compra

No seu último relatório sobre o papel, a XP Investimentos considera “resultados fracos no 2T21 com lucro de R$753 milhões”, com a última linha sendo impactada pela operação de seguros, que ficou 50% abaixo numa comparação trimestral e 55% abaixo versus o mesmo período do ano anterior atingindo.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg


Além disso, a corretora cita o segmento de previdência, que apresentou resultado 80% inferior ao trimestre anterior e 82% ano a ano chegando a R$39 milhões, justificado pela diferença entre os índices de ativos e passivos que impactou o resultado financeiro do trimestre.

“Impulsionada pela segunda onda Covid-19, a seguradora revisou para baixo sua orientação para 2021, com resultados operacionais revisados de entre 8% a 13% para entre 1% a 6% de crescimento. A revisão implica em um índice de sinistralidade maior, uma vez que os prêmios devem crescer acima das expectativas”, dizem os analistas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

“No geral, esperamos uma reação negativa do mercado, no entanto, mantemos nossa classificação de compra e R$35 de preço-alvo, pois vemos as ações como subvalorizadas e com um rendimento de dividendos atraente”, completam.

Cotação de BBSE3

No pregão desta segunda-feira (6), as ações do BB Seguridade são negociadas R$ 19,21, com uma alta de 0,05% no intradia.

No acumulado anual, são 24% de queda, e nos últimos 30 dias os papéis do BB Seguridade já tiveram baixa de 9,2%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião