Banco do Brasil bate recorde de desembolso em crédito de veículos

Banco do Brasil bate recorde de desembolso em crédito de veículos
Banco do Brasil (BBAS3) anuncia acordo de R$ 112 milhões com BBTS

O Banco do Brasil (BBAS3) bateu recorde em crédito de veículos no fim de 2019. Isso porque houve uma recuperação do setor automobilístico. O volume de desembolso do banco nessa linha teve um aumento de 46% entre os meses de novembro e dezembro do ano passado, em relação ao mesmo período de 2018.

Levando em conta todo ano de 2019, o crescimento nessa linha do Banco do Brasil foi de 38,1%. Mesmo assim, a carteira de crédito a veículos ainda fechou em declínio o ano, com uma baixa de mais de R$ 1 bilhão no ano passado ante 2018, para R$ 9,2 bilhões.

Os bancos ainda estão com um pé atrás em relação ao crédito a veículos neste ano, mesmo com prévias positivas para o setor automobilístico. Algumas instituições financeiras estão prevendo que ainda haverá espaço para alavancagem no consumo das famílias neste setor.

Entretanto, os bancos concordam que o risco de descontrole da inadimplência, que já ocasionou prejuízos bilionários na crise dos financiamentos sem entrada, não é mais uma pauta e está descartado.

Reformulação no conselho diretor do Banco do Brasil

O Banco do Brasil anunciou uma reformulação em seu conselho diretor. A medida é marcada pela saída de três vice-presidentes da instituição financeira, que ocorreu na última segunda-feira (6).

De acordo com o comunicado ao mercado enviado pelo Banco do Brasil, Antônio Gustavo Matos deixou o cargo de vice-presidente de Gestão de Pessoas, Suprimentos e Operações. O banco anunciou também a renúncia de Márcio Hamilton Ferreira do cargo de vice-presidente de Negócios de Atacado. Além disso, o executivo Ivandré Montiel da Silva não é mais vice-presidente de Agronegócios.

As alterações ocorreram por conta da união entre as áreas de governo e agronegócio. A vice-presidência de tecnologia e negócios de varejo também foi fundida.

Confira a nova composição do conselho administrativo do banco:

  • Rubem de Freitas Novaes – Presidente
  • Mauro Ribeiro Neto – Vice-Presidente Corporativo
  • Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo – Vice-Presidente Gestão Financeira e Relações com Investidores
  • Carlos Renato Bonetti – Vice-Presidente de Controles Internos e Gestão de Riscos
  • Fabio Augusto Cantizani Barbosa – Vice-Presidente de Desenvolvimento de Negócios
  • João Pinto Rabelo Junior – Vice-Presidente de Agronegócios e Governo
  • Carlos Motta dos Santos – Vice-Presidente de Negócios de Varejo
  • Walter Malieni Júnior – Vice-Presidente de Negócios de Atacado

Cotação

Por volta das 10h50, as ações do Banco do Brasil eram cotadas a R$ 51,82, operando em baixa de 0,58%.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião