AGENDA

Balanços do 3T21: saiba quais empresas se destacaram na temporada, segundo o BofA

Balanços do 3T21: saiba quais empresas se destacaram na temporada, segundo o BofA
BofA comenta sobre os balanços do terceiro trimestre.

Com a temporada de balanços do terceiro trimestre praticamente concluída, os analistas do mercado financeiro avaliam o saldo dos resultados. Na opinião do Bank of America (BOAC34), a temporada terminou com nota positiva, e destacou o desempenho de bancos, construtoras e frigoríferos. Na ponta negativa, o BofA mencionou o setor de e-commerce, incluindo gigantes como o Magazine Luiza (MGLU3).

“Os grandes bancos privados, Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC3) e Santander (SANB11), superaram as estimativas do BofA com forte geração de receita e crescimento de empréstimos de dois dígitos. O Banco do Brasil (BBAS3) também mostrou desempenho acima da média: a qualidade dos ativos e o controle das despesas foram os principais destaques”, disse o relatório

Diferente de varejistas que atendem um setor economicamente mais amplo, as empresas do setor focadas no consumidor de alta renda tiveram desempenho forte. Como exemplo, o BofA cita a o Grupo Soma (SOMA3) e Arezzo (ARZZ3).

As operadoras de shopping centers Multiplan (MULT3) e Iguatemi (IGTA3) apresentaram vendas acima dos níveis pré-Covid, como esperado. As companhias de distribuição de combustíveis — a exemplo da Vibra (BRDT3) e Ultrapar (UGPA3) — estiveram em linha com o consenso do mercdo, enquanto a Raízen (RAIZ4), com negócio de etanol, foi, segundo o BofA, além  das estimativas.

No segmento de viagens, CVC (CVCB3) e Azul (AZUL4) foram surpresas positivas, mas as aéreas, como Gol (GOLL4), ainda são profundamente impactadas pela pandemia e pelos preços mais altos do petróleo.

Por outro lado, as construtoras de alta renda conseguiram manter as margens, de acordo com o banco, ao demonstrar resultados positivos e caixa sólido. Natura (NTCO3) desapontou com comparações difíceis, cenário macro, pressões de entrada e combinação de investimento.

Petrobras (PETR4), JBS (JBSS3): exportadoras se destacaram

Nomes globais foram destaques no 3T21, segundo o Bank of America, com fortes resultados no setor de energia e proteínas.

O EBITDA da Petrobras (PETR4) veio acima das expectativas em relação aos preços e volumes mais altos do petróleo. As processadoras de carnes, como Marfrig (MRFG3), JBS (JBSS3), apresentaram bons resultados, impulsionados pelos EUA. A BRF (BRFS3) também se sobressaiu na gestão de custos efetivos. A Weg (WEGE3) divulgou EBITDA superior ao esperado e aumento no capex global.

Do lado negativo dos balanços do 3T21, a Vale (VALE3) e a CSN Mineração (CMIN3) perderam as estimativas com preços mais baixos do minério de ferro, diz o BofA. A Suzano (SUZB3) se beneficiou das restrições da cadeia de suprimentos na Europa, mas o BofA argumenta que o ciclo da celulose e os mercados de fibra podem trazer números que podem prejudicar o próximo balanço.

Bruno Galvão

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!