Azul (AZUL4) registra alta de 23,5% no tráfego de passageiros em setembro

Azul (AZUL4) registra alta de 23,5% no tráfego de passageiros em setembro
A Azul registrou um aumento de 23,5% no seu tráfego de passageiros consolidado em setembro

A Azul (AZUL4) informou nesta segunda-feira (5) que registrou um aumento de 23,5% no seu tráfego de passageiros consolidado (RPKs, na sigla em inglês) em setembro em relação ao mês anterior, alongando a recuperação dos últimos meses.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Apesar disso, o patamar ainda foi 59,4% inferior ao número obtido em setembro do ano passado, um retrato dos impactos negativos de restrições à circulações e da queda significativa na demanda por viagens aéreas sobre as operações da Azul.

A companhia aérea também comunicou que a oferta de assentos no mês passado anotou um crescimento de 16% na base sequencial. O nível, no entanto, foi 57,9% menor do que o número apresentado um ano antes.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Ao mesmo tempo, a Azul registrou uma taxa de ocupação de 80,2%, com um aumento de 4,8 pontos percentuais ante o mês de agosto e uma queda de 3,1 pontos na base anual.

Azul aponta para melhora da demanda doméstica

Nesse sentido, o CEO da Azul, John Rodgerson, afirmou escreveu que: “Mais uma vez, nós continuamos a ver uma melhora na demanda doméstica de passageiros, na medida em que nos aproximamos da alta temporada no Brasil. A capacidade de setembro representou 42% dos ASKs registrados no mesmo período no ano passado, e em outubro esperamos atingir aproximadamente 55% da capacidade pré-Covid”.

Ainda de acordo com o executivo, o tamanho e a conectividade da malha, aliados à flexibilidade da frota, “nos dão ferramentas únicas para capturar o máximo de benefícios durante a recuperação da demanda”.

O anúncio da Azul ocorre no mesmo dia em que a Gol (GOLL4) reportou uma alta de 36% na sua demanda por seus voos em setembro, enquanto a oferta de assentos cresceu 35% na base mensal. No trimestre, contudo, houve uma queda de 71,5% no RPKs, na comparação com o mesmo período do ano passado; e uma baixa de 70,2% no oferta frente a 2019.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores FIIS

Baixar agora!