Avenue, corretora de investimento no exterior, recebe US$ 30 milhões do Softbank

Avenue, corretora de investimento no exterior, recebe US$ 30 milhões do Softbank
S&P 500. Foto: Pixabay

A Avenue Securities, corretora que atua com investimento no exterior, anunciou um aporte de US$ 30 milhões (cerca de R$ 157,8 milhões) liderado pelo Softbank Latin America Fund. A Igah Ventures, que já era sócia, acompanhou o aporte.

Em operação há apenas dois anos, a Avenue já atingiu 300 mil clientes, com US$ 1 bilhão em ativos sob custódia. Com isso, os recursos serão utilizado para dar ainda mais suporte a esse crescimento, a empresa irá dobrar o número de funcionários e investirá em tecnologia e infraestrutura. O CEO e fundador da Avenue, Roberto Lee, prevê que a corretora deva atingir 1 milhão de clientes até o fim de 2022.

Os recursos também serão usados para fortalecer as outras três frentes da empresa. A primeira é o lançamento da sua conta bancária nos Estados Unidos que deve acontecer nas próximas semanas. A corretora irá oferecer cartão de débito e no futuro lançará cartão de crédito com juros anuais de 10%.

A segunda é a estruturação de sua plataforma que tem como objetivo plugar 40 fundos até o final deste ano, já que é hoje é possível acessar apenas ações e ETFs. Já a outra frente será oferecer aos clientes uma infraestrutura de contas Personal Investment Company (PIC).

Avenue tem crescido a captação média de 10% ao mês

De acordo com site Neofeed, a empresa tem crescido a captação a uma média de 10% ao mês. As ações mais negociadas são as mais conhecidas dos brasileiros. Companhias como Apple, Amazon, Google, Alibaba, Tesla, Disney, Berkeshire Hathaway, Microsoft, XP e Facebook.

Além de Softbank e Igah, a Avenue já recebeu investimentos de executivos como Christian Klotz, da Brasil Capital; Marco Kheirallah, ex-Pactual; Carlos Ambrósio, atual presidente da Anbima; Paulo Lemann e Patrick O’Grady, sócio da gestora Vitreo até a venda do BTG; e Alexandre Aoude, ex-Deutsche Bank.

A Avenue Securities é uma corretora que foi criada em 2018 para facilitar o investimento direto do brasileiro na Bolsa dos EUA, segundo o CEO.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!