AGENDA

Aplicativo do Bradesco (BBDC4) apresenta instabilidade nesta terça-feira

Aplicativo do Bradesco (BBDC4) apresenta instabilidade nesta terça-feira
Bradesco (BBDC4) Foto: Divulgação

Clientes do Bradesco (BBDC4) usaram as redes sociais nesta terça-feira (30) para relatar que o aplicativo do banco estava apresentando falhas. Os clientes dizem que não conseguem logar no programa.


Por meio de sua conta oficial na rede social, o Bradesco informou a diferentes usuários que a área responsável já havia detectado o motivo da falha e trabalhava para regularizar o funcionamento o quanto antes.

O banco também orientava os usuários a utilizarem outros canais, como internet banking (acesso via computadores) ou o atendimento telefônico.


De acordo com o site Downdetector, que mapeia falhas em serviços online, os relatos de falhas no aplicativo do banco começaram após as 9h30, e chegaram a um pico às 10h59.

Por volta das 11h35 estavam em queda, mas ainda em patamares consideravelmente mais altos que o normal.

Procurado, o Bradesco informou que o aplicativo para pessoas físicas teve momentos pontuais de intermitência.

“Equipes estão trabalhando para regularização o mais breve possível. Os demais canais de atendimento operam normalmente”, afirmou o banco.

Por volta das 16h de hoje, a ação do Bradesco (BBDC4) operava em queda de 2,37%, valendo R$ 19,79.

Veja também:

Bradesco: lucro surpreende, mas não há consenso sobre recomendação das ações

O Bradesco (BBDC4) surpreendeu o mercado com um balanço de terceiro trimestre (3T21) melhor do que o esperado. Após o resultado, a XP Investimentos vê o banco como o mais defendido em um cenário macroeconômico desafiador à frente.

O lucro do Bradesco foi de R$ 6,767 bilhões, crescimento de 35% ano a ano e de 7% trimestre a trimestre. O resultado acima do esperado foi ancorado na melhora do segmento de seguros e menores despesas com provisões. O Itaú BBA também destacou o avanço da carteira de crédito.

Mas não há consenso em relação à recomendação para as ações do Bradesco. Para a XP Investimentos ela continua neutra, com preço-alvo a R$ 26. Já o Itaú BBA avalia o banco como “market perform“, ou seja, em linha com o mercado. O preço-alvo pelo BBA está em R$ 25.

A Genial Investimentos tem recomendação de compra para o Bradesco, com preço-alvo em R$ 29,60. De acordo com a corretora, o valuation está atraente, com um múltiplo de 6,1 vezes o preço/lucro para 2022.

Com informações do Estadão Conteúdo

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!