Sites Americanas (AMER3) e Submarino estão fora do ar por tempo indeterminado

Os sites de e-commerce da Americanas (AMER3) e Submarino estão fora do ar desde a madrugada domingo (20) e ainda não há previsão de retorno.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Em comunicado, a Americanas S.A , controladora dos sites, informou que voltou a suspender proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce e acionou seus protocolos de resposta assim que identificou acesso não autorizado.

No sábado, os sites Americanas e Submarino já tinham apresentado instabilidade, mas a operação foi retomada por volta das 15h.

“A companhia atua com recursos técnicos e especialistas para avaliar a extensão do evento e normalizar com segurança o ambiente de e-commerce o mais rápido possível”.

Na manhã desta segunda-feira (21), os sites apresentavam mensagem de erro.

Foto: Site Americanas
Foto: Site Americanas

As lojas físicas não tiveram suas atividade interrompidas e permanecem operando.

“A companhia reitera que trabalha com rígidos protocolos para prevenir e mitigar os riscos”, concluiu o comunicado.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Veja Também:

Americanas e Vibra fecham parceria para exploração de lojas de conveniência

A Americanas e a Vibra Energia (VBBR3) – antiga BR Distribuidora (BRDT3) – concluíram, no início de fevereiro, a criação da Vem Conveniência, joint venture que visa a exploração do negócio de lojas de pequeno varejo, dentro e fora de postos de combustível, através das redes de lojas locais e BR Mania.

A Vem Conveniência terá uma estrutura de gestão e governança corporativa própria. O capital social é detido pela Americanas e Vibra, ambas com participação de 50%.

De acordo com o fato relevante, divulgado pelas duas companhias, a Vem Conveniência conta com 55 lojas de pequeno varejo fora de postos de combustíveis, com operação própria, e aproximadamente 1,2 mil de pequeno varejo em postos, operadas por franqueados.

A marca da BR Mania será mantida nas lojas dos postos de combustíveis, enquanto as lojas fora dos postos utilizarão a marca local. A criação da joint venture prevê tanto lojas franqueadas como as de operação própria.

“A parceria visa oferecer uma nova proposta de valor a consumidores, franqueados e atendentes de lojas, contando com o somatório de forças da Vibra e da Americanas, que compreende ampla experiência de varejo no mercado brasileiro, uma rede de pontos de venda com capilaridade nacional, escala e estrutura de suprimentos e logística, tecnologia e atuação no varejo digital e representa um importante passo para a expansão no mercado de lojas de pequeno varejo no Brasil”, informaram as companhias no documento.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião