Americanas (AMER3) demitiu 5,5 mil funcionários na última semana

A Americanas (AMER3), em recuperação judicial, teve 5.526 trabalhadores desligados na semana de 27 de novembro a 3 de dezembro deste ano.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

De acordo com relatório divulgado pela Americanas, esses desligamentos contemplam tanto profissionais desligados quanto aqueles que pediram demissão.

A demissão voluntária, por iniciativa dos funcionários, correspondeu a 306 registros. No mesmo período, houve um total de 359 admissões.

Depois das demissões da Americanas, o número total de funcionários da companhia caiu para 33.861 funcionários sob regime de CLT na data-base de 3 de dezembro.

A companhia destaca que seu quadro de funcionários é sazonal por natureza, variando conforme oscilações do mercado de varejo e com picos nas épocas de datas comemorativas, como Páscoa, Black Friday e Natal.

“A Americanas informa que 88% dos desligamentos declarados no relatório semanal ao administrador judicial são referentes às demissões de temporários para a Black Friday. As contratações de curto prazo, como para Black Friday e Natal, são comuns na dinâmica sazonal do varejo e têm como objetivo reforçar a operação nos picos de vendas que ocorrem nas principais datas comemorativas para garantir qualidade e eficiência. A companhia acrescenta que efetivou mais de 300 temporários após o grande evento de novembro”, esclarece a empresa por nota.

O número total de lojas, em 3 de dezembro, permanecia em 1.759, correspondendo a 93,4% do período anterior ao deferimento da recuperação judicial.

Durante a semana base deste relatório, não houve nenhuma loja encerrada.

A empresa informa ainda que o total de pagamentos na semana somou R$ 438 milhões, enquanto o volume de recebimentos totalizou R$ 604 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Seis diretores da Americanas deixam empresa

Conforme informações da coluna do Lauro Jardim, do jornal O Globo, após a demissão de três diretores no início da semana, a varejista desligou nesta quinta (7) mais três executivos da área comercial

Todos os três tinham mais de 15 anos na companhia:

Todos com mais de 15 anos de empresa. São eles:

  • Tiago Freire: diretor comercial responsável pela área de eletro (o que inclui produtos Samsung, Motorola e LG)
  • Andressa Borges : Responsável pelo setor de alimentos
  • Alessandra Rocha: Diretora comercial da área de brinquedo e de utilidades domésticas

As demissões na Americanas anunciadas antes dessa leva incluíram Aleksandro Pereira (Diretor comercial), Edson Shimada (Diretor de sourcing) e Eduardo Gabardo (Diretor de operações de lojas físicas).

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião