Alpargatas (ALPA4), da Itaúsa (ITSA4), deve passar por troca de comando nas próximas semanas, diz jornal

A Alpargatas (ALPA4), empresa detentora da marca Havaianas, planeja anunciar em breve uma mudança na liderança da empresa para acelerar o processo de reestruturação. As informações são do jornal Valor Econômico.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Segundo a apuração do veículo, após quatro trimestres consecutivos de prejuízo, tanto a gestão atual quanto a anterior enfrentaram críticas de acionistas da Alpargatas e do mercado em geral.

Embora o nome de Fernando Yunes, do Mercado Livre (MELI34), tenha sido cogitado como substituto de Luiz Fernando Edmond, presidente interino, as negociações teriam estagnado, e a empresa deve revelar um novo nome até o final do ano.

O novo presidente da Alpargatas continuará o processo de reestruturação já iniciado pela nova gestão.

Luiz Fernando Edmond assumiu interinamente a presidência da empresa que faz parte da Itaúsa (ITSA4) ainda em abril deste ano, com a saída de Roberto Funari.

Edmond, membro do conselho administrativo do grupo, deixou claro desde o início que não permaneceria no cargo por muito tempo.

A estratégia anterior da empresa foi considerada equivocada, resultando em uma estrutura inchada e apostas malsucedidas.

Ao longo dos últimos quatro anos, a Alpargatas investiu na expansão de capacidade, aumentou estoques e consumiu caixa, além de realizar investimentos em um centro de distribuição em Extrema (Minas Gerais) com um grande percentual de produtos desatualizados.

Apesar dos esforços de reestruturação sob a gestão de Edmond, a empresa ainda não atingiu um ponto de equilíbrio, mas espera-se que mostre melhorias nos próximos trimestres.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

A empresa continua consumindo matéria-prima adquirida durante a guerra entre Rússia e Ucrânia, o que impactou os custos. A atual gestão trabalha para reduzir o portfólio da empresa e reverter a geração negativa de caixa.

No entanto, críticas surgiram em relação à “Ambevização” da gestão, com cortes de equipe significativos e uma cultura que, segundo algumas fontes, não se alinha com a identidade da marca Havaianas.

A gestão atual, de caráter temporário, adotou uma abordagem mais pragmática para reverter os maus resultados.

Últimos números da Alpargatas

A Alpargatas, conhecida pela marca Havaianas, enfrentou uma mudança em sua trajetória, passando de uma abordagem de longo prazo e resultados sólidos para uma orientação mais financeira focada em resultados de curto prazo.

O prejuízo líquido da Alpargatas, registrado no terceiro trimestre deste ano foi de R$8,3 milhões, revertendo o lucro de R$ 44,2 milhões no mesmo período de 2022. A empresa busca corrigir sua rota e encontrar um equilíbrio entre suas operações internacionais e o mercado interno.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião