Stephen Kanitz Stephen Kanitz

Stephen Kanitz

Perfil de Stephen Kanitz
Idade 78
Nome Completo Stephen Charles Kanitz
Nascimento 30/01/1946
Local de Nascimento São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Formação Administração de empresas
Ocupação Consultor empresarial
Conhecido Como Stephen Kanitz
Site Oficial http://blog.kanitz.com.br/
Redes Sociais Twitter

Biografia de Stephen Kanitz

Quem é Stephen Kanitz

Stephen Kanitz é um dos principais consultores empresariais do Brasil, sendo que já deu palestras sobre o assunto em centenas de empresas nacionais e internacionais. Stephen ainda é conhecido por sua análise técnica sobre o tema risco de crédito, trabalho conhecido posteriormente como Termômetro de Kanitz.

Stephen Kanitz é o criador do ranking “Maiores e Melhores”, promovido pela revista Exame, sendo considerado um dos precursores do movimento benchmark no Brasil.

Com especialização nas áreas de economia, administração e contabilidade, Kanitz é conhecido tanto por sua atuação no campo acadêmico como no setor empresarial.

Entre as décadas de 70 e 90, o especialista contribuiu ao reforçar diversos conceitos que empreendedores nacionais não aplicavam.

Além de remodelar o pensamento de crédito no país. Principalmente com o conceito do Termômetro de Kanitz, que contribuiu para a saúde financeira de diversos agentes da economia.

ANIVERSARIO SUNO 7 ANOS

Stephen tem papel como expoente do benchmark no país, após criar o ranking Maiores e Melhores. Contribuindo com o trabalho de diversos investidores de longo prazo com ações voltadas tanto para títulos quanto fundos imobiliários.

Kanitz ainda tem papel como criador do primeiro site voltado ao voluntariado e o primeiro site de doação online da internet nacional.

Sendo que parte de sua carreira é dedicada à promoção de uma ideia de consciência social maior por parte de um negócio.

O especialista ainda defendeu o profissionalismo do terceiro setor e a melhora na educação financeira do brasileiro.

Segundo Stephen, o modelo de gastos do brasileiro resulta em um povo “eternamente” endividado. Isto porque o conceito de poupar e investir é quase inexistente para boa parte da população.

Trajetória de Stephan Kanitz

Stephen Charles Kanitz nasceu no dia 30 de janeiro de 1946, na cidade de São Paulo, Brasil.

Após concluir o colegial, o jovem ingressou no curso de contabilidade na Universidade de São Paulo (USP). Posteriormente ele se tornou mestre em administração de empresas pela Universidade de Harvard.

Kanitz ainda é doutor em Ciências Contábeis pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP.

No campo do ensino, Stephen ficou conhecido por ser professor titular dos cursos de contabilidade, administração de empresas e economia da USP.

ANIVERSARIO SUNO 7 ANOS

Em 1974, Kanitz se tornou um dos precursores do conceito da análise de risco e crédito com seu artigo “Como Prever Falências”. Seu estudo contribuiu para que o crédito, antes disponíveis à parcela mais rica da sociedade, se tornasse acessível aos mais pobres e pequenos empreendedores.

Seu estudo ficou conhecido como “Termômetro de Kanitz”.

Durante a carreira, Stephen ainda se destacou por sua coluna na revista Veja. Meio de comunicação no qual escreveu por onze anos.

Em 1994, o especialista publicou O Brasil que Dá Certo, livrou que previu o sucesso do plano real e que lhe rendeu, em 1995, um Prêmio Jabuti.

Contribuições de Stephen Kanitz

Em 1975, Stephen se tornou conhecido dentro da ideia benchmark no país ao criar a lista da Exame: Melhores e Maiores. Ranking que avaliava os empreendimentos com melhor desempenho global no ano.

A avaliação contribuiu com investidores que tinham suas ações voltadas para o longo prazo.

Durante a década de 90, Kanitz contribuiu ao promover a ideia de que o setor empresarial deveria ter responsabilidade social.

Em 1995, Stephen criou o “Prêmio Bem Eficiente” – condecoração que premiava as 50 melhores entidades do terceiro setor no ano.

A premiação criada por Stephen Kranitz ajudou para que as instituições do terceiro setor ganhassem maior relevância.

Ler mais

Compartilhe sua opinião