Roberto Campos Neto Roberto Campos Neto

Roberto Campos Neto

Perfil de Roberto Campos Neto
Nome Completo Roberto de Oliveira Campos Neto
Nascimento 28/06/1969
Local de Nascimento Rio de Janeiro, Brasil
Idade 52
Nacionalidade Brasileira
Conhecido Como Roberto Campos Neto

Biografia de Roberto Campos Neto

Quem é Roberto Campos Neto

Roberto Campos Neto é o 27º presidente do Banco Central do Brasil (Bacen), cargo que começou a ocupar em fevereiro de 2019.

Contudo, o maior destaque da carreira de Roberto Campos Neto é por sua trajetória no setor bancário, sendo que seu nome é diretamente ligado ao Banco Santander (SANB11), empresa que trabalhou por quase duas décadas.

Não à toa, o economista e com especialização em finanças tem a maior parte de sua carreira profissional atrelada à bancos.

Sendo que iniciou sua carreira no Brasil no Banco Bozano, que seria comprado na virada do milênio pelo Banco Santander, onde Campos Neto atuou por 18 anos.

No início de 2019, Roberto assumiu a posição de presidente do Banco Central, após convite de Paulo Guedes.

Trajetória de Roberto Campos Neto

Roberto Campos Neto

Roberto de Oliveira Campos Neto nasceu em 28 de junho de 1969, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

Roberto tem a tradição de ter economistas em sua família, sendo que é neto de Roberto Campos, homem que atuou no Ministério do Planejamento durante os anos 60, e que tem em seu currículo o fato de ser um dos idealizadores do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Essa tradição, pode ter auxiliado a escolha pelo curso de economia. Campos Neto possui uma graduação em economia, com especialização em finanças, ambas pela Universidade Califórnia, e concluídas em 1996.

Naquele mesmo ano, Roberto ingressou no Banco Bozano.

Entre 1996 a 1999, o economista passou por diversas funções dentro da instituição financeira, com destaque para seu período nas áreas de derivativos de juros e câmbio e como operador da bolsa de valores da instituição financeira.

Entre 2000 e 2003, o economista assumiu como chefe da área de renda fixa do banco entre 2000 e 2003 após a compra da Bozano pelo Santander.

Após esse período, ocupou a posição de tesoureiro dentro do banco por 12 anos.

Contudo, o maior destaque em sua trajetória no banco foi em 2015, quando ocupou a posição de Head de Mercados da instituição financeira.

No início de 2019, Roberto optou por deixar sua posição no banco. Isto porque foi convidado a assumir o posto de presidente do Banco Central.

Roberto Campos Neto e o Banco Central

Roberto Campos Neto

Por sua relação próxima com o ministro da Economia Paulo Guedes, Campos Neto foi o nome escolhido para assumir o posto de presidente do Banco Central em fevereiro de 2019. Contudo, seu nome já era associado a chapa do presidente eleito antes mesmo do resultado das eleições presidenciais de 2018.

Sobre a decisão, pode ser destacada seu modelo de gestão. Sendo que Roberto muitas vezes é citado como um hábil negociador, que busca relações de longo prazo.

Fatores que contribuíram para que o nome de Roberto Campos Neto fosse escolhido para ser o substituto de Ilan Goldfajn. Para conhecer a história de Ilan Goldfajn, leia o perfil da Suno sobre o economista.

Ler mais

Compartilhe sua opinião