Ricardo Villela Marino Ricardo Villela Marino

Ricardo Villela Marino

Perfil de Ricardo Villela Marino
Nome Completo Ricardo Villela Marino
Nascimento 1974
Local de Nascimento São Paulo, Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Formação Administração de empresas
Ocupação CEO da Operação do Itaú na América Latina
Fortuna US$ 1,2 bilhão
Conhecido Como Ricardo Villela Marino
Estado Civil Casado

Biografia de Ricardo Villela Marino

Quem é Ricardo Villela Marino

Ricardo Villela Marino é CEO da Operação do Itaú na América Latina e membro do Conselho da holding Itaúsa, que comporta o Itaú. O banco é a maior instituição financeira privada do Brasil, com valor de mercado acima de R$ 300 bilhões. Ricardo Villela ainda é acionista do grupo.

Ricardo Villela Marino também é presidente do Instituto PDR, organização fundada em 2014 e que tem como objetivo investir e preparar novos empreendedores com viés voltado para transformação social.

Marino está na lista das pessoas mais ricas do mundo feita pela revista Forbes em 2019. Segundo a revista, o empresário tem uma fortuna estimada em US$ 1,2 bilhão, valor que o coloca na 1349ª posição do ranking.

Formado em engenharia e administração de empresas, o executivo tem a maior parte de sua carreira voltada para instituições financeiras. Destaque, principalmente, por sua carreira no Itaú Unibanco. Empresa que foi fundado por seu avô.

Marino ainda é parte dos conselhos:

  • Consultivo do Visa América Latia
  • MIT Sloan School of Management.

História de Ricardo Villela Marino

Ricardo Villela Marino
Foto: Fórum Econômico Mundial de Cologny, Suíça

Ricardo Villela Marino que nasceu em 1974, na cidade de São Paulo é filho de Milu Villela, maior acionista do grupo, e neto de Eudoro Libânio Villela, empresário e médico brasileiro que iniciou, na década de 40, o que viria a se tornar o Itaú.

Inicialmente a instituição era conhecida como Banco Central de Crédito, posteriormente foi renomeado de Banco Federal de Crédito.

O banco, no entanto,  começou a ganhar os moldes atuais em 1964, quando Eudoro liderou o grupo na fusão com o Banco Itaú de Minas Gerais.

PLANILHA CONTROLE GASTOS

Marino tem um currículo acadêmico exemplar. Após terminar o 2° grau, Marino ingressou no curso de engenharia mecânica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo -USP.  também se formou em administração de empresas pela Faculdade Getúlio Vargas – FGV.

Ainda no campo acadêmico, Marino tem mestrado em administração de empresas pela pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts – MIT, administração em finanças pela Universidade de Cambridge, em Ciências políticas e em Estudos de Desenvolvimento, Economia e Filosofia, ambas pela Escola de Economia de Londres.

Além disso, possui uma especialização em Gestão de Empresa Familiar pela Escola de negócios de Harvard.

Sua primeira experiência profissional de destaque foi pelo Banco Credit Comerciale of France. Marino deixou o Banco para atuar no setor voltado ao mercado de ações e rendimento fixo do Banco de Investimento Garantia.

Sua carreira profissional ainda é mercada pela sua passagem na função de Gerente de Portfólio de mercados emergentes pela Goldman Sachs Asset Manegement. Cargo que ocupou até o início dos anos 2000. Em 2002, iniciou sua carreira no então Itaú.

Quer saber se vale a pena investir no Itaú Unibanco? Veja a valuation do banco feita por Tiago Reis:

Ricardo Villela Marino e o Itaú-Unibanco

Ricardo Villela Marino
Foto: World Economic Forum/Michael Buholzer

Ao longo da primeira década dos anos 2000, Marino ocupou diversas funções na maior instituição financeira privada do país.

Inicialmente, começou atuando no grupo como chefe do setor de inteligência do Itaú Holding Financeira S.A. Função que ocupou por cerca de um ano. Época em que trabalhou na elaboração e criação da unidade Business Intelligence do Itaucard.

O empresário ainda ocuparia os cargos de:

  • Diretor da Central de Derivativos
  • Diretor Geral
  • Diretor Gerente Sênior.

ANIVERSARIO SUNO 7 ANOS

Em 2011, Marino se tornou o representante da organização financeira na América Latina. O empresário é um dos principais responsáveis pelo crescimento da empresa brasileira na região.

“Meu plano é ser um acionista mais ativista para ajudar a enriquecer a governança do banco na América Latina”, contou Marino em entrevista ao Estadão.

Política que Ricardo Villela Merino defende como essencial para o crescimento do Itaú. Para entender sobre o faturamento e lucro do Itaú, uma da instituições financeiras mais rentáveis do mundo, leia o artigo da Suno sobre o tema.

Ler mais

Perfis Relacionados a Ricardo Villela Marino

Compartilhe sua opinião