Smiles (SMLS3): preço alto da gasolina faz troca de milhas por combustível disparar 65% em novembro

Smiles (SMLS3): preço alto da gasolina faz troca de milhas por combustível disparar 65% em novembro
Gasolina. Foto: Pixabay

Com o preço da gasolina nas alturas, a empresa de milhagem Smiles (SMLS3) registrou um salto nos pedidos de troca dos pontos de fidelidade com passagens aéreas por combustível para automóveis. De novembro de 2020 para novembro deste ano, o aumento das solicitações foi de 65%.

Nessa mesma linha de “preço da gasolina nas alturas” está a solicitação de troca de milhas para usar em viagens de Uber. Neste quesito, a Smiles informa que o salto de um ano para o outro foi de 81%.

Quase um mês após o último reajuste nas refinarias da Petrobras (PETR4), os preços da gasolina pararam de subir nos postos. Porém, a alta acumulada em 2021 já chega a 50%, considerando o preço médio.

Na última semana, o valor da gasolina nas bombas estava em R$ 6,752 por litro, na média, registrando um preço estável em relação à semana anterior. O valor é 6,1% superior aos R$ 6,361 verificados na semana anterior ao último reajuste.

Preço da gasolina é fatiado

O preço da gasolina é influenciado por vários fatores, como a proximidade do local de produção, a estrutura para o refino do petróleo e os impostos que incidem sobre o produto.

No Brasil, as principais influências são as seguintes, segundo a Petrobras:

  • R$ 2,33 – remuneração da Petrobras
  • R$ 1,77 – ICMS, o imposto estadual
  • R$ 1,20 – valor do etanol que é misturado à gasolina
  • R$ 0,77 – distribuição e revenda
  • R$ 0,69 – tributos federais

Também entra nessa conta o dólar, moeda na qual os derivados de petróleo são negociados no mercado internacional. Com a divisa norte-americana valorizada frente ao real, o preço da gasolina também acompanha a alta, assim como os outros combustíveis, como diesel e gás de cozinha.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião