Ícone do site Suno Notícias
Bianca Pereira
Bianca Pereira
Empresas brasileiras. Foto: Pixabay

Empresas brasileiras. Foto: Pixabay

Como estruturar o budget da sua empresa para 2024

Quando o ano vai terminando chega aquele momento em que não se pode mais adiar o planejamento do budget para os próximos 12 meses. Não importa o tamanho do negócio, um orçamento bem estruturado é essencial para organizar as finanças como um todo, identificando oportunidades de reduzir custos e otimizar investimentos. E é isso que vai facilitar – e muito – a tomada de decisões e a construção de uma base sólida para o crescimento e desenvolvimento sustentável da empresa.

​Nesse processo, é essencial seguir um método. A ‘receita do bolo’ deve começar com uma análise cuidadosa dos resultados financeiros dos anos anteriores, de forma a identificar tendências e desafios que precisam ser levados em conta para o sucesso do negócio no ano que vai se iniciar.

​Outro ponto fundamental é definir metas e objetivos claros, considerando fatores como receitas, despesas, investimentos e a lucratividade desejada. Por exemplo, se a empresa planeja expandir sua presença internacional, isso deve refletir no orçamento, considerando gastos com marketing global e contratação de pessoal bilíngue. Se for necessário aumentar os deslocamentos de funcionários, vale considerar o investimento em uma ferramenta eficaz de gestão de pagamentos, o que vai facilitar o controle de gastos e refletir em redução de custos com passagens, transporte e refeições.

​Um orçamento bem planejado também deve envolver todas as áreas da empresa, garantindo que cada departamento contribua com suas projeções e necessidades. Nesse sentido, reunir o time para fazer uma boa avaliação do que deu certo e daquilo que não saiu de acordo no período que está terminando pode lançar uma luz sobre o que deve prevalecer no budget a ser trabalhado.

​Um erro, no entanto, é encarar o orçamento como algo consolidado e, portanto ,imutável. Ele é importante? Com certeza. Mas deve ser encarado sempre como uma estimativa, um guia para ajudar a empresa a atingir seus objetivos financeiros. Por isso mesmo, é fundamental que o budget seja monitorado ao longo do ano, para que seja possível corrigir eventuais distorções e – aí sim – garantir que o negócio siga de acordo com as perspectivas desejadas.

​Em um ambiente de negócios em constante evolução, conhecimento, estratégia e planejamento são fundamentais. E é sobre esse tripé que um orçamento bem estruturado ganha corpo e se torna uma ferramenta valiosa para as empresas.

Nota

Os textos e opiniões publicados na área de colunistas são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a visão do Suno Notícias ou do Grupo Suno.

Sair da versão mobile