Ícone do site Suno Notícias

EQI compra New York Capital, empresa de agentes autônomos ligada à XP, diz coluna

XP. Foto: Divulgação.

XP. Foto: Divulgação.

A assessoria de investimentos EQI comprou a New York Capital, empresa de agentes autônomos vinculada à XP desde 2014. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Segundo a coluna, a empresa comprada pela EQI tem sede em São Paulo e conta com R$ 350 milhões sob custódia. A New York Capital conta com cerca de 600 clientes.

O movimento da empresa é mais uma etapa na disputa com a XP. Há cerca de um ano, a EQI ganhou destaque no noticiário ao se desvincular da XP e se associar ao BTG Pactual (BPAC11) para virar uma corretora. A EQI era o terceiro maior escritório de agentes autônomos da XP.

Desde então, várias outras assessorias de investimentos da XP migraram para o BTG, como a Lifetime Investimentos, a Acqua-Vero, a Arton, a Wise, entre outros.

Sediada em Balneário Camboriú (SC), a EQI conta com cerca de 25 mil clientes e R$ 9 bilhões sob assessoria, segundo informações do seu site.

EQI vai virar corretora este ano

No início de agosto, a EQI obteve a primeira autorização do Banco Central para operar como corretora. Depois disso, faltam procedimentos administrativos na esfera do Banco Central, além do pedido para atuar no ambiente operacional da bolsa de valores de São Paulo, a B3.

Os dois passos devem ser concluídos em três meses, de modo que a empresa deve começar a atuar como corretora em novembro de 2021. O EQI e o BTG serão sócios na futura corretora. O escritório vai deter uma participação de 51% do capital, enquanto o banco de investimentos ficará com uma fatia de 49%.

O fundador da empresa Juliano Custódio, declarou que pretende acelerar o crescimento e tem planos de abrir o capital da EQI em 2022.

De acordo com a coluna do jornal O Globo, a compra da New York Capital pela EQI deve ser anunciada em breve.