HASH11:  VALE A PENA? Conheça vantagens e desvantagens do ETF

Você tem interesse em criptomoedas, mas acha difícil investir no ativo? Então, você tem que conhecer o HASH11 (Hashdesk Nasdaq Crypto Index), o primeiro  ETF de criptomoedas do país. 

As criptomoedas  vêm chamando  a atenção dos investidores nestes últimos anos. Por isso, surgiram produtos e iniciativas ligados a criptomoedas no mercado financeiro.

É um fundo de índice dedicado ao investimento exclusivo em criptomoedas, alocando sua carteira de forma passiva num conjunto destes ativos pré-selecionados por um índice.

Como o HASH11 funciona?

Mas, ao contrário de outros fundos, o HASH11 investe totalmente seus recursos em criptomoedas, seguindo a constituição do índice Nasdaq Crypto Index.

Composição do HASH11

– Bitcoin: 62,57% – Ethereum: 32,67% – Litecoin: 1,05% – Chainlink: 0,99% – Filecoin: 0,82% – Bitcoin Cash: 0,73% – Uniswap: 0,71% – Stellar: 0,46%

Investir em criptomoedas pelo HASH11 é uma forma mais prática e segura de se expor aos ativos. Afinal, você investe por meio de sua corretora e mantém seus investimentos centralizados.

Vantagens do HASH11

Outra vantagem está em seu valor relacionado. Ele começou a ser cotado em R$ 50. Isso facilita, já que o investidor  não precisa enviar altos valores para contas em Exchanges fora do país.

O investimento  em criptomoedas possui um maior  risco do que qualquer outro tipo de ativo.  Ou seja, esse risco também existe no  ETF, deixando-o extremamente volátil.

Desvantagens do HASH11

Isso acontece porque as criptomoedas  estão inseridas  num mercado bastante volátil.  Além disso, outra inconveniência está relacionada à  questão tributária.

O ETF é tributado como qualquer outro investimento regulamentado, ao contrário do investimento direto em criptomoedas, que não possui nenhuma questão fiscal.

Ele é interessante para quem quer ter uma pequena exposição a criptomoedas e que não deseja se inserir a fundo neste mercado. Analise o ativo e entenda se faz sentido para o seu perfil de investidor.

Vale a pena investir no HASH11?

Quer aprender a precificar ativos? Então, participe GRATUITAMENTE do nosso